Se o mundo real deixasse de existir, como a sua empresa estaria posicionada, hoje, no mundo digital?

 

É óbvio que o mundo real nunca deixará de existir, mas trouxemos essa reflexão, pois é importante que você perceba que o mundo digital tornou-se tão relevante quanto o mundo real. Se você quiser manter a perpetuidade da sua empresa, precisa estar inserido no meio digital. Por isso, hoje, convidamos você a pensar sobre as possibilidades e vantagens que um e-commerce pode trazer para o seu negócio.

 

Segundo o estudo Perfil E-commerce Brasileiro, divulgado ano passado e realizado pela PayPal e BigData Corp, o setor cresceu 37,5% em um ano no país. O crescimento é considerado a sua maior expansão desde 2014. São cerca de 930 mil sites dedicados ao comércio eletrônico.

 

E independente de qual seja o setor da sua empresa, um e-commerce pode ser um grande aliado para os negócios. Não é por acaso que, hoje, até grandes marcas que vendiam apenas para varejistas já tenham colocado um e-commerce no ar. Um movimento que já iniciou faz tempo. Em 2016, a Pesquisa Nacional do Varejo, realizada pelo Sebrae em parceria com o E-Commerce Brasil, apontou que 8% dos negócios online pertenciam ao setor industrial.

 

 

Mas qual será o motivo que levou essas marcas entrarem no mundo dos negócios online?

 

Talvez, a principal resposta para isso esteja em duas palavras mágicas: presença e conhecimento!

 

- Presença, porque estando no mundo digital você está em qualquer lugar, muito mais próximo do seu cliente final e presente em toda a sua jornada de compra.

- Conhecimento, porque essa proximidade é capaz de trazer insights incríveis para o seu negócio, garantindo a evolução do seu negócio. Afinal, quando a sua empresa tem acesso direto aos dados dos clientes, fica muito mais fácil gerar valor estratégico para os negócios, garantindo produtos, serviços e preços mais atrativos e competitivos.

 

Além disso, o uso do varejo digital pode ser um ótimo gatilho para a transformação digital dos negócios, possibilitando novas oportunidade comerciais dentro da sua empresa. A Melitta, famosa marca de pós de café, filtros de papel e produtos afins, é um ótimo exemplo disso.

 

A marca entrou no e-commerce com o objetivo de ficar mais próxima do seu público. Como forma de diferenciar o que é vendido pela marca no varejo físico, o e-commerce da Melitta passou a comercializar opções diferenciadas, acessórios exclusivos e a possibilidade de personalizar a compra escolhendo entre tipos de intensidade de acidez, doçura e miralidade do café. A partir dessa escolha, o cliente pode assinar um serviço de entregas para receber mensalmente a quantidade desejada do “café personalizado”.

 

Ou seja, a entrada da Melitta no e-commerce gerou um novo tipo de serviço para empresa e um conhecimento mais aprofundado sobre o perfil e a satisfação dos seus clientes. Além disso, a empresa criou uma vantagem de compra recorrente pelo site, garantindo que o consumidor torne-se muito mais fiel à empresa.

 

O comportamento dos consumidores está cada vez mais digital. Por isso, independente do setor onde a sua empresa atua, hoje, pensar em um negócios online é cada vez mais essencial para a permanência da sua empresa no mercado.

 

Lembre-se: é a saúde do seu negócio que está em jogo. E aí, vamos começar?